05 melhores redes sociais para médicos: dicas e restrições

resdes-sociais-medicos

Redes sociais são plataformas online, nas quais é possível reunir pessoas de qualquer lugar do mundo para conversar, compartilhar ideias, interesses ou fazer amigos.

Diante de tantas possibilidades, com o passar do tempo, diversas empresas começaram a criar perfis na rede para expandir seu alcance, se aproximar dos clientes e fortalecer as ações de marketing.

Por conta desse fluxo crescente, surgiram várias agências de marketing digital oferecendo serviço de gestão para redes sociais, tendo em vista que a procura pelo gerenciamento de redes sociais cresce exponencialmente.

Além de empresas, profissionais de saúde, proprietários de hospitais e clínicas também perceberam as vantagens de contratar uma agência de marketing digital para gerir redes sociais, pois entenderam que elas são cruciais para o crescimento de qualquer negócio.

Pois não basta criar um perfil no Facebook ou Instagram e postar imagens e vídeos aleatórios, é preciso profissionais especializados, capazes de projetar estratégias especificas para atrair o público ideal para o seu segmento.

Gestão de redes sociais para médicos

Em síntese, o Marketing para Médicos envolve uma série de ações que visam otimizar suas redes sociais, como instagram ou facebook.

O processo abrange o planejamento dos posts, produção de conteúdo, constância nas postagens e medição das métricas.

Você acha que o seu sobrinho ou amigo sem especialização em gerenciamento de redes sociais consegue fazer tudo isso? Acredito que não, hein!

Talvez a essa altura você tenha percebido que as mídias sociais são uma extensão do seu negócio, por isso, contratar profissionais especializados em gestão de redes sociais para médicos é a coisa certa a fazer para que sua imagem seja sempre positiva, concorda?

Redes sociais para médicos e seus benefícios

Além de diversas empresas ao redor do mundo, o gerenciamento de redes sociais para médicos também se torna cada vez mais sólido.

Nos últimos anos, ortopedistas, cardiologistas, nutrólogos e outros profissionais da medicina e de outras áreas da saúde também se beneficiam dessa gestão especializada.

Assim como os empresários, os médicos e demais profissionais da saúde entenderam que é impossível ficar fora das mídias digitais – afinal, existem mais de 120 milhões de brasileiros conectados à internet.

O Brasil é o 4º país com mais internautas, ficando atrás apenas dos EUA, China e Índia – acredite estamos à frente de países de primeiro mundo como Alemanha, Reino Unido e até Japão.

Mesmo diante desses dados ainda não está convencido de que o Marketing para Médicos é essencial para alavancar sua carreira? Então confira alguns motivos que vão fazer você tomar a decisão certa de uma vez por todas.

Marketing para Médicos

Os pacientes só têm a ganhar quando médicos, clínicas e hospitais possuem perfis nas redes sociais. Você que é médico, por exemplo, também pode ser beneficiado, confira o porquê.

Credibilidade: se o seu perfil profissional ou clínica não for encontrado nas redes, sua credibilidade pode ser colocada em xeque. Além disso, você perde a chance de angariar novos pacientes.

Visibilidade: como se sabe, os sites de busca como o Google e Bing são hoje nosso oráculo – você precisa ser encontrado nesses buscadores. Caso não seja, sua visibilidade será menor, se comparada a de um profissional que esteja nas redes sociais.

Referência: numa época em que reinam as fake news, as pessoas buscam cada vez mais fontes de informação confiáveis. Quando um profissional da saúde disponibiliza informações sobre sua área de atuação, pode se tornar referência, atraindo cada vez mais pessoas para sua página e, por consequência, para o seu consultório.

Relacionamento: as redes possibilitam uma relação de confiança, estreitam os laços médico-paciente e criam uma comunicação mais rápida.

Também é possível monitorar os feedbacks dos atendimentos e da clínica, isso também ajuda a aumentar a credibilidade.

Agora que entendeu a importância da presença de profissionais da saúde nas redes, que tal contratar uma agência de marketing digital que faça gerenciamento de redes sociais para médicos?

Redes sociais para Médicos: quais usar?

A resposta é: em todas! No entanto, neste artigo indico as cinco melhores redes sociais para médicos. Preparado para saber quais são? Confira abaixo.

Facebook

O Facebook possui atualmente mais de 130 milhões de usuários no Brasil. O canal é fundamental para a divulgação de conteúdos relevantes sobre a sua área de atuação e permite criar posts em vários formatos, como textos, vídeos, dentre outros.

Desse modo, você que é médico pode compartilhar artigos, notícias sobre sua área de atuação, vídeos com dicas e orientações para pacientes, campanhas de conscientização, infográficos informativos e muito mais.

YouTube

De acordo com dados do relatório Digital in 2019, mais de 95% dos brasileiros utilizam o YouTube – de cada 10 brasileiros, 9 usam a plataforma de vídeo principalmente para expandir seus conhecimentos.

Você que é médico sabe por que isso acontece? Porque o vídeo é um formato que se popularizou e também porque não é necessário muitos recursos técnicos, pois é possível criar conteúdo de qualidade utilizando somente o celular e alguns aplicativos simples de edição.

Além disso, uma pesquisa divulgada no jornal Estadão apontou que os brasileiros primeiramente recorrem ao Google e depois ao YouTube quando se deparam com algum problema de saúde.

Somente depois disso é que vão procurar um médico. Então me conte: vale a pena ou não investir nessa plataforma?

LinkedIn

Linkedin se tornou obrigatória e essencial para qualquer profissional, especialmente para você que é médico. Por meio do LinkeDin é possível ampliar sua rede de contatos, entrar em grupos de discussão, fazer networking, publicar artigos e muito mais.

O LinkedIn é o espaço ideal para produção de conteúdos mais técnicos e um ótimo ambiente para construir sua autoridade digital na sua área de atuação.

Na plataforma também é possível disponibilizar seu currículo completo. Com isso, seus pacientes podem conhecer sua formação acadêmica e detalhes da sua atuação clínica e científica.

Twitter

No Twitter você não poderá escrever longos textos (#chatead@). Pois o Twitter, diferente das demais redes sociais, como o Facebook e Instagram, tem características bem específicas.

Nessa plataforma você tem o limite de 280 caracteres por postagem e os recursos são mais limitados.

Você deve estar se perguntando: então por que ter uma conta no Twitter se mal posso escrever uma frase?

Porque o Trendig Topics (assuntos mais comentados) ainda tem grande influência sobre o que é sucesso nas outras redes sociais.

Ademais, o dinamismo é a principal característica dessa plataforma – a velocidade de interação é bem maior  do que nas outras redes sociais.

Instagram

Nessa plataforma, as imagens são quem mandam, pois possuem maior destaque no feed. Por isso é importante postar fotos de boa qualidade em um designer clean (limpo).

“Acho que não dou conta de fazer isso e nem tenho tempo”.

Você não precisar fazer nada. Contrate uma agência de marketing digital que faça gestão de redes sociais para médicos.

No Instagram as hashtags (#) também devem ser utilizadas para indicar especialidade (#ortopedistaespecialistaemjoelho), tratamentos (#infiltracao) e procedimentos (#cirurgianojoelho). Ao fazer isso, você se posiciona e aumenta as visualizações dos seus posts e stories.

Essa plataforma também permite estreitar a relação médico-paciente,

Ao escolher uma empresa de marketing digital que faça marketing para médicos, você só tem a ganhar. Pode apostar!

Como fazer marketing médico dentro das regras do conselho

As eagências que fazem marketing para médicos conhecem todas as regras de publicidade médica determinadas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Ao contratar uma agência de marketing digital para fazer esse tipo trabalho, a empresa segue à risca os preceitos éticos estabelecidos no Código de Ética Médica.

Segundo as exigências do CFM, os posts das redes sociais e anúncios médicos obrigatoriamente devem conter:

Nome e sobrenome do médico;

Especialidade ou área de atuação;

Número do registro profissional no CFM regional;

Número de inscrição no CFM;

Número do Registro de Qualificação da Especialidade (RQE) – o decreto 4.113/42 permite fazer referência a somente duas especialidades. Mais do que isso é proibido.

Essas são as exigências básicas, ainda existem muitas outras regras. Mas não esquente a cabeça! A QMIX Digital é especialista em gestão de redes sociais para médicos e conhece todas as exigências do CFM.

Redes sociais para médicos: erros que não devem ser cometidos

Como você já percebeu, as redes sociais para médicos são indispensáveis para que os profissionais consigam adquirir e manter a relevância no mercado.

Todavia, é preciso que os profissionais fiquem atentos ao conteúdo divulgado para, assim, não cometer erros, pois embora as normas para publicidade médica sejam amplamente divulgadas, existem muitos casos em que os profissionais desrespeitam as regras, podendo colocar, inclusive, a carreira em risco.

A seguir, confira algumas dicas para não cometer erros!

Fique atento a determinadas expressões

Provavelmente você se considera o melhor médico da cidade ou, ainda, acha que possui a melhor clínica da região.

Porém, na hora de divulgar peças publicitárias, não é recomendado utilizar expressões como “a melhor clínica”, “a melhor solução”, “o melhor tratamento” ou qualquer expressões semelhantes.

Segundo o Código de Ética Médica, esses termos podem figurar como propaganda enganosa, pois pode levar os pacientes a acreditarem que você é o único que domina determinada técnica, o que nem sempre é verdade.

Além de evitar as expressões citadas, fique atento à veracidade das informações que você compartilha. Divulgar dados duvidosos ou até mesmo fake news em redes sociais para médicos pode colocar em “xeque” sua credibilidade profissional.

Não compartilhe imagens de “antes” e “depois”

Provavelmente o procedimento que você realizou melhorou a qualidade de vida e, ainda, aumentou a autoestima do paciente.

No entanto, fique atento e não poste uma foto de “antes” e “depois”, pois essa ação é proibida pelo Código de Ética Médica.

Dessa forma, fique atento às regras quando se trata de redes sociais para médicos, pois ao contrário do que recomenda o Conselho de Odontologia, médicos ou estabelecimentos de assistência médica não podem publicar fotos de “antes” ou “depois”.

O CFM orienta, ainda, que os Conselhos Regionais investiguem de modo reiterado e/ou sistemático, publicações de “antes” e “depois” feitas nas redes sociais pelo próprio paciente ou terceiros.

Outra dica importante! Se o seu paciente divulgar uma foto mostrando um “antes” e “depois”, você não pode fazer repost nas suas redes.

Além das fotos de “antes” e “depois”, também é proibido compartilhar imagens de lesões, doenças ou qualquer conteúdo que possa causar desconforto ao público que não seja da área da saúde.

Quanto custa? Posso divulgar?

As redes sociais para médicos são essenciais para conquistar novos clientes, certo? Mas apesar disso, é proibido divulgar os preços dos tratamentos e, ainda, as facilidades de pagamentos, como parcelamento e descontos.

Também são vetadas concessões de desconto como forma de estabelecer diferenciais na qualidade do serviço.

Portanto, na hora de atrair mais pacientes para o consultório, foque na qualidade do conteúdo. Se o público gostar, com certeza entrará em contato para ter mais informações sobre determinado procedimento, por exemplo.

Não se esqueça: o paciente deve ir ao seu consultório levando em consideração a qualidade do seu trabalho, não o valor cobrado – e cá entre nós, você se dedicou durantes muitos anos para atuar em determinada área, não tem como por um desconto nisso, né?

Além disso, se você é médico e não possui o Registro de Qualificação de Especialista (RQE) em determinada área, não faça anúncios publicitários falado de tratamentos de tal especialidade.

Marketing para Médicos: cuidado na hora de se expor!

Algo comum nas redes sociais é o famoso textão – momento em que a pessoa aproveita para fazer aquele desabafo e lavar a alma.

Mas se você é médico: cuidado! Ao adotar essa prática de fazer textão reclamando de um paciente ou um caso clínico específico, é possível que você coloque em risco a relação médico-paciente.

Ademais, não utilize as redes sociais para médico no intuito de compartilhar informações sigilosas com outros profissionais, mesmo que sejam da área médico, especialmente sem o consentimento do seu paciente.

Nada de selfies com pacientes!

O CFM proíbe que os médicos publiquem selfies com pacientes nas redes sociais. As fotos não devem ser compartilhadas nem mesmo com a autorização do paciente.

O regulamento do CFM leva em consideração a proteção da privacidade e o anonimato inerentes ao Ato Médico.

Desse modo, resista à tentação, nada de selfies, okay?

Redes sociais para médicos não deve fomentar a busca pela perfeição

Existem vários perfis nas redes sociais nos quais os médicos incitam a busca pela perfeição, impondo muitas vezes padrões impossíveis de serem atingidos, seja do corpo perfeito, alimentação ideal, produtos indispensáveis, hábitos insubstituíveis, etc.

No intuito de “incentivar” os seguidores, alguns médicos, inclusive, têm o hábito de demostrar habilidades atléticas, músculos perfeitos, alimentação correta, dentre outros.

Não cometa esse erro! Com certeza a rotina do seu seguidor é totalmente diferente da sua. Desse modo, evite ser o “Dr. Perfeito”, pois essa atitude pode desencadear uma lacuna abissal entre o seu seguidor (um possível cliente) e você, médico.

Se quiser dar dicas de boa alimentação, exercícios físicos e outras escolhas salutares que você considerada positiva compartilhar com seus seguidores, tudo bem.

Todavia, procure ficar atento para não cometer excessos, pois existe uma diferença significativa entre um médico com bons hábitos e o “Dr. Perfeito”. Um cativa seus seguidores, potenciais pacientes, o outro, por sua vez, se distancia do público, pois traz uma rotina idealizada e sobre-humana.

Fuja da linguagem técnica

É imprescindível utilizar uma linguagem simples e direta que facilite o entendimento do público leigo – afinal, redes sociais para médicos não é o local adequado para dar aula de medicina, certo?

Embora você queira demonstrar todo o conhecimento que possui em relação a determinadas doenças, tratamentos ou técnicas, é fundamental que os seus seguidores entendam o que você está dizendo.

Além disso, apesar de ser essencial distinguir os conhecimentos científicos dos de senso comum, é necessário levar em consideração que a maioria dos pacientes têm o conhecimento baseado no senso comum.

Desse modo, é indispensável encontrar um equilíbrio na linguagem, pois, caso contrário, somente os profissionais da saúde vão entender o que você escreveu.

Por isso, conheça seu público, planeje a comunicação e post conteúdos relevantes com uma linguagem concisa e assertiva – só utilize linguagem técnica e escrita rebuscada se o seu público for composto inteiramente por profissionais da mesma área que você.

Não compartilhe fórmulas mágicas

Diversos médicos adoram compartilhar nas redes sociais soluções mágicas para perder peso, acabar com a dor de cabeça, se livrar das estrias, reduzir linhas de expressão, etc.

Ao fazer isso, oferecer soluções mágicas, acredite: você está afastando um possível paciente do seu consultório. Afinal de contas, porque o paciente agendaria uma consulta se você já indicou algum remédio caseiro ou medicamento específico problema dele, por exemplo?

Não comenta esse erro! As informações e dicas compartilhadas no seu perfil devem ser relevantes e tratar a medicina com seriedade. Assim, em vez de recomendar que o paciente use determinado medicamento ou produto, sugira sempre que ele consulte um médico especialista em determinada área, seja você ou um associado.

Saiba que você não pode oferecer soluções generalistas nas redes sociais para médicos. Em vez disso, dê a possibilidade do seu seguidor chegar até você por meio de poucos clicks agendando uma consulta online.

Desse modo, é crucial que você tenha um site que facilite o agendamento de consulta online. Com isso, o paciente navega pelo site e não dependerá da sua secretária para marcar o horário mais adequado para ele.

SEO para Médicos: conquiste a 1ª página dos buscadores

Ao longo deste texto tenho abordado a importância das redes sociais para os negócios, seja você empresário, médico ou outro profissional da saúde. Agora, saiba porque é fundamental ter um site otimizado com SEO.

Se lembra da última vez que fez uma busca? Quando surgiram os resultados, quais foram os sites que você clicou? Já suspeitava… provavelmente o primeiro da lista, não é verdade?

Por isso, diante de tanta informação na palma da mão, é fundamental que seu site esteja entre os primeiros nos mecanismos de busca, pois estar num ranking conceituado do Google ou Bing é garantia de mais visibilidade. Mas você sabe como conquistar esse feito de ficar em 1º lugar nas buscas? Continue lendo

Para deixar seu nome ou o da sua clínica no topo das buscas, a QMIX Digital utiliza o SEO para sites, momento no qual realizamos ajustes internos, feitos no próprio site. Essas estratégias permitem que sua página ganhe autoridade no mercado, receba mais visitas e aumente as possibilidades de conversão.

Quando trabalhada as técnicas de SEO para sites, você conquista maior volume de visitas orgânicas. Sabe o que isso quer dizer? Significa que seu site será acessado por mais pessoas, pois estará na primeira página do Google.

Google Meu Negócio para Médicos

Se você é médico e ainda não conhece o Google Meu Negócio, está perdendo a oportunidade angariar mais pacientes ou de divulgar sua clínica gratuitamente nas páginas de respostas do Google.

O Google Meu Negócio é uma ferramenta na qual é possível inserir informações completas e atualizadas, postar fotos, descrever sua área de atuação ou serviços oferecidos, responder a comentários e avaliações, criar postagens e muito mais!

O Google Meu Negócio é um recurso gratuito que possibilita a conexão entre você e seus possíveis pacientes por meio da busca do Google e Google Maps.

Ao fazer um bom trabalho de SEO para sites aliado ao Google Meu Negócio, sua presença primeira página do Google está garantida.

medico-marketing-digital

O custo em investir em Marketing Médico?

Essa resposta você só terá quando fizer um orçamento com a QMIX Digital. Mas uma coisa garantimos: é mais barato do que você imagina. Além disso, investimento só vira custo se o cliente não tiver retorno.

>>> Leia também.: Comprar backlinks: principais tipos de links e ainda vale a pena?

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Postagens Recentes

Consultoria SEO

Prestamos o serviço de consultor SEO e outras acessórias focados em resultados reais.

SITES OTIMIZADOS SEO

Desenvolvemos sites otimizados com SEO OnPage para melhor posicionamento no Google.

Comprar Backlinks

Comercializamos backlinks contextuais em diversos sites reais com bom tráfego e boas métricas.